KARL LAGERFIELD: A IMPORTÂNCIA DESSE NOME

Na tarde de ontem (19 de fevereiro) a moda teve uma enorme perda. Karl Lagerfield faleceu e abalou as estruturas do mundo da moda.

O estilista, fotógrafo, escritor e tantas outras coisas que era, sempre teve espaço garantido nos principais desfiles de todo o mundo. O talento descomunal permitiu que Karl pudesse comandar ao mesmo tempo 3 das maiores marcas do mundo da moda, que na teoria são concorrentes.

Para entender o tamanho desse nome para a moda e a falta que ele vai fazer para a história, é preciso ir um pouco mais a fundo.

COMANDO DA CHANEL

Em 1983, Karl Lagerfield foi nomeado diretor artístico da Chanel. Uma das maiores grifes de todos os tempos tinha agora um diretor artístico decidido a seguir os passos da criadora da marca, Coco Chanel.

De fato Lagerfield fez enorme sucesso no comando da marca. Uma das principais características de seu trabalho foram as reinvenções de marcas que permaneciam no auge. Ou seja, ele nunca deixava as marcas que comandava estarem em baixa. Sempre havia algo novo.

KARL LAGERFIELD: A IMPORTÂNCIA DESSE NOME

Além disso, Karl também é extremamente reconhecido pelo seu empenho ao trabalho. Um dos fatos que pode comprovar isso é que ele só saiu do comando artístico da Chanel depois de 36 anos, e com sua morte.

COMANDO DA FENDI

A marca franco-italiana também era comandada por Karl Lagerfield, e durante mais tempo. A parceria entre a marca e seu diretor criativo durou 54 anos e só se encerrou com a morte do diretor.

KARL LAGERFIELD: A IMPORTÂNCIA DESSE NOME

Mas a verdade é que a junção rendeu frutos maiores que o tempo. Primeiramente: as coleções criadas por Lagerfield sempre serão lembradas e serão inspiração para muitas outras peças que ainda serão criadas.

E mais, os desfiles icônicos definitivamente não serão esquecidos.

ESTILO ÚNICO

O look de Karl era único, sempre. Um rabo de cavalo prendendo os cabelos brancos. Luvas sem dedos e os ternos com gravata e colarinho alto.

KARL LAGERFIELD: A IMPORTÂNCIA DESSE NOME

O estilo era inconfundível, e combinava perfeitamente com o talento desse gênio da moda.

REINVENTANDO MARCAS AINDA EM ALTA

Talvez a maior característica de Lagerfield tenha sido a reinvenção. E mais, o momento em que elas aconteciam.

Todas as mudanças de conceito de marca enquanto elas ainda estavam em alta, pegavam sempre todos de surpresa com uma nova coleção, totalmente diferente, mas ainda genial.

KARL LAGERFIELD: A IMPORTÂNCIA DESSE NOME
Desfile de lançamento de coleção da Chanel, em 2017.

Karl Lagerfield nunca esperava as coleções ficarem em baixa, e tinha a renovação como um espaço gigantesco para novas ideias.

“ELEGÂNCIA NÃO TEM A VER COM ROUPA”

Pois é. Karl dizia que quem é elegante, continua elegante em qualquer roupa.

Ele disse isso em uma entrevista ao programa brasileiro “Fantástico” inclusive, onde também disse que ser elegante é uma questão de atitude, e quem é elegante, continua assim até com jeans e camiseta.

EMAGRECIMENTO E LIVRO

Em 2001, Karl Lagerfield emagreceu em 13 meses, impressionantes 40 quilos. Tudo graças a uma dieta criada por ele e um nutricionista amigo. Depois desse feito, Karl escreveu um livro contando o processo.

KARL LAGERFIELD: A IMPORTÂNCIA DESSE NOME

Por esses e outros tantos motivos, Karl Lagerfield é um nome que com certeza está marcado na história, e com certeza é um dos grandes nomes da história da moda especificamente.

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *