Coco Chanel – Não só uma marca, mas um estilo de vida.

Gabrielle Bonheur ”Coco” Chanel era o nome completo da eterna lenda da moda, mais conhecida como Coco Chanel. A estilista nasceu em agosto de 1883 e desde que se conhecia por gente, era alguém à frente de seu tempo. Segunda filha de uma lavadeira, foi colocada junto da irmã em um orfanato pelo próprio pai, logo após a morte da mãe. Aos 18 anos, saiu de lá indo para uma pensão para moças, onde aperfeiçoou sua costura e reencontrou sua tia Adrienne. Juntas, foram contratadas por um ateliê de costura para confecção de enxovais em 1903, e assim, as duas buscaram a independência saindo do pensionato.

Coco Chanel usando um top Breton em 1930, com seu cachorro, Gigot.

Seu apelido ‘Coco’ foi dado pelos oficiais que eram encantados por Gabrielle em sua época de cantora em um café-conserto de Moulins, na França. Foi uma mulher apaixonada por vários homens ao longo da vida, mas nunca chegou a se casar e ter filhos. Seu amor foi definitivamente a moda e foi a ela que se dedicou até o seu último dia. Entre os homens importantes da sua vida, esteve Etienne Balsan, um socialite e herdeiro de uma fábrica de tecidos especializada em uniformes do exército. Ele acabou sendo um de seus amigos mais próximos e se manteve ao seu lado durante toda a vida. Por ter começado a ter contato com a alta classe por causa de Balsan, acabou conhecendo o homem que seria o amor da sua vida, Arthur Capel, um milionário inglês.

 

Ele a ajudou a abrir sua primeira loja de chapéus, que iniciou seu sucesso como estilista. Após a morte trágica de Arthur em um acidente de carro em 1919, Chanel abriu sua primeira casa de costura, ainda vendendo seus chapéus. E então, começou a vender roupas desportivas, para ir à praia e montar a cavalo, sempre priorizando o conforto, o que não era muito considerado na época na moda feminina. E como se não bastasse, ainda inventou as primeiras calças femininas! Em 1921, criou o seu tão famoso perfume Chanel Nª 5, recebendo esse nome pelo número cinco ser seu algarismo da sorte e por, coincidentemente ou não, ter sido a quinta fragrância que ela experimentou.

 

Coco Chanel

A essa altura suas roupas eram usadas pelas grandes atrizes de Hollywood, seus tailleurs ficaram extremamente conhecidos e são referência de moda até os dias atuais. Gabrielle faleceu em 1971, com 87 anos e deixando uma legião de fãs abalados pela grande perda no mundo fashion. Desde então, as coleções Chanel são comandadas pelo estilista Karl Lagerfeld, que mantém o estilo clássico e confortável da finada estilista até hoje. Em 2009, foi feito uma cinebiografia de sua vida com a atriz Audrey Tautou como protagonista. Até os dias atuais, Chanel encanta antigos e novos fãs de seu trabalho com seu estilo moderno, confortável e clássico, dando às mulheres, desde o início do século XX, o carinho e atenção que até então não existia na moda feminina.

 

Como ela mesma dizia, a moda passa, o estilo permanece. E Chanel realmente se tornou um estilo de vida para muitas pessoas ao redor do mundo todo.

Coco Chanel em 1962. (1883 – 1971). (Photo by Evening Standard/Hulton Archive/Getty Images)

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *